ADECIN - Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Cidade Nova

Culto online

PALAVRAS QUE EDIFICAM

João 17:15,16.
Pr. Cícero Cordeiro - QUEM NOS TIRARÁ DE SUAS RAÍZES?

QUEM NOS TIRARÁ DE SUAS RAÍZES?

 

Como podemos viver num mundo marcado por medo, ódio e violência e não ser destruído por ele? Quando Jesus ora ao pai pelos seus discípulos, ele responde essa pergunta dizendo:

"Eu não te peço que os tires do mundo, mas que os livros do maligno. Eles 'não são pertença do mundo', Como eu também não sou". João 17:15,16.

Viver no mundo sem ser do mundo é o nosso desafio de cada dia, e nisto se resume a essência da vida espiritual, e só há um jeito de viver no mundo sem ser do mundo: Viver na fé do filho de Deus! Viver na fé é viver arraigado à vida de Deus. Arraigado é aquilo que está ligado pela raiz, e que não pode ser eliminado sem que a raiz seja eliminada junto. Deus é a nossa raiz, e se estamos arraigados nele, quem nos removerá da sua presença? Quem nos tirará de suas raízes?

Disse Paulo: O que poderia se interpor­ entre nós e o amor de Cristo? Seria a tribulação, ou a aflição, ou a perseguição ou a fome, ou a necessidade, ou o perigo, ou a força da violência? O Paulo mesmo responde: Porque eu estou certo de que nem vida nem morte, nem anjos nem demónios, nem o presente, nem o futuro, seja onde quer que nos encontremos, nas alturas ou em profundos abismos, nada nem ninguém nos poderá separar do amor que Deus nos deu em Jesus Cristo nosso Senhor. Romanos 8:35-39.

Esta é a fé que nos mantém consciente de que a nossa verdadeira morada não é a casa do medo, onde governam as forças do ódio e da violência, mas a casa do amor, onde reside o Deus cujo nome é amor.

Não se passa nenhum momento de nossas vidas sem que vivamos experiências de medo, apreensões e preocupações. Essas forças penetraram por todas as partes do mundo, em tal grau que sem estarmos arraigados à vida de Deus não podemos escapar completamente a elas.

Arthur Schopenhauer disse: "O mundo é o inferno, e os homem se dividem em dois grupos: almas atormentadas e diabos atormentadores". Arthur Schopenhauer não sabia, mas existe um terceiro grupo, aqueles que não são almas atormentadas e nem são diabos atormentadores. São os que estão arraigados à vida de Deus através de Jesus Cristo.

Vivendo assim deixamos de pertencer a essas forças que controlam o mundo, e somos encorajados a não construirmos nossa morada entre as almas atormentadas e entre os diabos atormentadores.

Eu escolhi a casa do amor, esse é o meu lar, esse é o seu lar, esse é o nosso verdadeiro lar. Mas como fazemos essa escolha? Bem, não é uma escolha que fazemos de uma só vez, mas uma escolha que fazemos todos os dias, vivendo uma vida de oração contínua, onde o sopro de Deus nos capacita a vivermos no mundo sem sermos do mundo, e assim destemidamente nos mudamos gradualmente da casa do medo para casa do amor.

Deus Abençoe a todos os moradores da casa do amor!

Em Jesus

1
Em Jesus, vivendo cada dia, 
Em Jesus eu tenho alegria! 
Em Jesus, oh, doce harmonia! 
Em Jesus, desfruto a paz de Deus!

2
Em Jesus, na rocha inabalável, 
Em Jesus, no homem incomparável! 
Em Jesus, no Deus tão adorável! 
Em Jesus, o mal não temerei!

3
Em Jesus a graça é infinita, 
Em Jesus, oh! bênção inaudita; 
Em Jesus, minh'a!ma é bendita; 
Em Jesus eu tenho salvação!

4
Em Jesus não temo o mal e a morte, 
Em Jesus estou firmado e forte! 
Em Jesus meu barco ruma ao norte; 
Em Jesus eu sempre hei de vencer.

HC

 

https://www.facebook.com/cicero.cordeiro.37

 
 
 

Versículo do dia

"Com o fim de sermos para louvor da sua glória, nós os que primeiro esperamos em Cristo;"

Efésios 1:12